Sábado, Outubro 25, 2014

698 - SAUDADES DE KRISHNA...

Krishna, fecho os olhos da carne e, em espírito, vejo os seus olhos de lótus.

Eles cintilam, com um certo ar sapeca, e interpenetram o meu Ser.

Você sabe o que se passa nos corações e mentes; você vê!

E sabe dessa saudade louca que temos de você.
Talvez por isso você evite aparecer sempre, para não despertar mais saudades.

Mas, não dá para esquecer esse olhar, cara.

E a sua energia azulada, que serena os corações e pacifica até mesmo os seres trevosos? Sim, até eles ficam com saudades, e por isso tomam novos rumos.

Você ri, e nós choramos, pois é muito amor para agüentarmos.

Você toca a flauta e chama para o dharma, e nós aqui vamos tentando.

Você fala para jamais desistirmos, e por isso nós insistimos...

Você não nos julga, só apóia, e diz: “Avante! Mesmo que ninguém entenda, e não se detenham, até alcançarem a meta!”

E você também diz: “Entreguem os frutos de seus trabalhos a Mim, o Senhor de todos os dharmas. Só eu é que sei o que está em seus corações e vidas.”

Maharaj, você conhece essa nossa saudade, que os outros não entendem.

Cada um de nós aqui é um Narananda, mesmo que muitos nem percebam isso, mas sentem essa mesma saudade de vez em quando.

Essa saudade que não se explica, só se sente.

Na longa noite da alma dos homens tristes, você nos enviou.

E nos confiou o dharma da espiritualidade esclarecida e amiga.

E apenas nos disse, antes de descermos nas lides da carne:

“Trabalhem com Amor. Confiem na Luz. Cumpram o dharma. Ajudem a humanidade com seus talentos. Por onde vocês forem, vida após vida, o meu azul estará com vocês, em espírito. E quando a saudade do espírito apertar, recolham-se na prece e na meditação serena e amiga. E pensem mais ainda no bem da humanidade. E lembrem-se de seus amigos de dharma, que também sentirão essa mesma saudade.

No silêncio que ama sem nome, vocês se sentirão, em espírito, e me sentirão também. E o meu azul enternecerá seus corações nas trilhas da espiritualidade consciente. E a saudade se transformará em serviço a favor do mundo, até o momento final do estágio de cada um. Sim, vocês se sentirão, em espírito e coração...”

Vasudeva, que esses escritos levem o seu azul aos amigos de dharma, não só aos que estão por aqui, mas também aqueles que trabalham em outros sítios, com outras linguagens e roupagens, e que são nossos irmãos de sintonia invisível.

Que a saudade, deles e nossa, possa ser convertida em serviço a favor da humanidade. Para que, um dia, algures, na eternidade, nós possamos rir junto com você dentro do azul suave do dharma bem cumprido.

Krishna, esses olhos sapecas... que saudade, cara!



Om Maharaj!



(Texto dedicado aos amigos do grupo de estudos e assistência espiritual do IPPB).



- Wagner Borges – sujeito com qualidades e defeitos, que não é hinduísta nem segue doutrina alguma criada pelos homens da Terra, e que sabe que a saudade de algo maior não se explica, só se sente. E sabe que o que preenche é só o amor, que também não se explica, só se sente, dentro do coração de quem ama.

Sim, há um amor que não é desse mundo, é do espírito.

É esse amor que guia a jornada daqueles que trabalham em prol de climas melhores na existência, mesmo sob a pressão das dificuldades e da incompreensão alheia.


São Paulo, 20 de dezembro de 2005.




- Notas do sânscrito:

* Narananda: é um dos epítetos de Arjuna, o discípulo-arqueiro de Krishna. “Nara”: homem – “Ananda”: bem-aventurança, êxtase espiritual. Logo, significa “o homem portador de bem-aventurança”. Ou seja, é aquele que porta as boas novas do céu entre os homens da Terra.

* Maharaj: grande rei. É um dos epítetos de Krishna.

* Vasudeva: nome familiar de Krishna, criado pela família dos Vasudeva.

* Dharma: trabalho, dever, missão, programação existencial, mérito, benção, atitude sadia, ação correta.

* Sobre Maharaj, um dos epítetos de Krishna, posto na seqüência um texto antigo, onde ensino uma prática com mantra, baseada nessa referência do Senhor de Olhos de Lótus.





==============
REI DO CORAÇÃO
==============


"Quem Me chama com sinceridade, mesmo envolvido nas trevas mais profundas, transcenderá o jugo das ilusões e perceberá o Meu amor brilhando em cada ser!"

- Krishna -



Acabei de fazer uma pequena prática espiritual e como meu ambiente está preenchido de vibrações maravilhosas, fruto das irradiações energéticas invisíveis que são emanadas aqui de casa para toda a humanidade (é a maneira que sei de ajudar em alguma coisa) e da presença de alguns amigos extrafísicos cheios de alegria que inspiram esse trabalho, gostaria de dividir com vocês um pequeno recurso que uso para sintonizar as vibrações de Krishna. Trata-se do mantra "OM MAHARAJ” (1)

Por favor, com muita humildade e boa vontade, sente-se confortavelmente de olhos fechados e faça da seguinte maneira:

1. Eleve os sentimentos e pense: - EU SOU LUZ!

2. Leve a atenção com paciência até a parte central interna do peito (região do chacra cardíaco).

3. Visualize uma terna flor desabrochando tranqüilamente ali no centro do peito (escolha o tipo de flor e cor que quiser).

4. Como se sua voz interior estivesse bem no centro da flor, repita suavemente (apenas mentalmente) o mantra "OM MAHARAJ" por alguns minutos e peça a Krishna e suas hostes de trabalhadores espirituais que enviem um fluxo de luz do seu coração ao coração de todos os homens.

5. Afaste qualquer dúvida ou mediocridade de seus pensamentos e sinta a luz de Krishna dentro de sua flor.

6. Fique assim por alguns minutos e sinta-se muito bem!



Observações:

- Esse mantra (2) afasta o medo e protege de agressões parapsíquicas.

- Ajuda a harmonizar o ambiente da pessoa.

- Faz surgir um contentamento interno e uma intensa vontade de compartilhar tudo de bom com os outros.

- Literalmente, você fica possuído por uma doce alegria.

- Isso melhora sua sintonia com os amigos extrafísicos.

- Se for feito diariamente, apenas por alguns minutos, aumenta consideravelmente a concentração e a confiança da pessoa.

- Pessoas que perderam familiares, as quais tenho ensinado esse mantra, têm narrado melhorias consideráveis em suas emoções. Elas sentem um grande conforto espiritual em seus sentimentos. Sentem que seus corações estão sendo curados, transformados por suaves energias oriundas delas mesmas e de seus amigos extrafísicos. Sentem-se agradecidas e com vontade de viver, o que é mais importante. Em alguns casos, relatam que o fluxo de luz-amor gerado pelo mantra guiou seus familiares nas dimensões extrafísicas. E há casos em que houve real contato espiritual.

- É um ótimo mantra para manter na mente na hora de dormir, pois predispõe a pessoa para projeções conscientes com os amparadores extrafísicos.

- Se possível, faça essa prática ouvindo alguma música bem suave, viajante, que estimule a pensar no divino.

- Essa não é uma prática adequada para pessoas que queiram permanecer sofrendo ou odiando.

- Teste essa pequena prática com paciência e veja os resultados. No mínimo, seu coração se transformará em um Sol peitoral e aí, surgirá uma grande vontade de dizer silenciosamente para Krishna (3) e para os amigos extrafísicos: “Obrigado, queridos!”


Que Krishna o abençoe com aquele contentamento sutil que tudo cura!



- Wagner Borges -



- Notas:

1. OM MAHARAJ (do sânscrito): - OM: "Verbo Divino"; "Som divino"; "Vibração interdimensional". - MAHA: "Grande"; "Incomensurável". - RAJ (ou RAJA): "Rei". Logo, o mantra significa "Grande Rei". Refere-se a Krishna, o Grande Rei dos corações; o Grande Rei de amor-luz; o grande Rei que é o verdadeiro Senhor da alegria divina que mora nos corações. Para melhor entendimento, é como um cristão referindo-se a Jesus como o Grande Rei do amor. E, diga-se de passagem, feliz é o coração que tem como rei alguém como Jesus, Krishna, Buda, ou alguma das consciência elevadas que ajudam a humanidade.

2. Mantra (do sânscrito): Palavra oriunda de "Manas": Mente – e "Tra": Controle. -Literalmente, significa "Controle da mente".

Determinadas palavras evocam uma atmosfera superior que facilita a concentração da mente e a entrada em estados alterados de consciência. Os mantras são palavras dotadas de particular vibração espiritual, pois são palavras sintonizadas com padrões vibracionais elevados. São análogos às palavras-senhas iniciáticas que ligam os iniciados aos planos superiores.

Pode-se dizer que os mantras são as palavras de poder evocativas de energias superiores. Como as palavras são apenas a exteriorização dos pensamentos revestidos de ondas sonoras, pode-se dizer também que os mantras são expressões da própria mente sintonizada em outros planos de manifestação.

3. Eis outros epítetos de Krishna que são considerados como mantras:

- GHANSHAYAM: "O Sempre-Jovem".
- KESHAVA: "Senhor da felicidade".
- CHIRASATI: "O Eterno companheiro".
- CHITACHOR: "Ladrão de corações".



Texto <698><24/05/2006>
IPPB – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas
Rua Gomes Nogueira, 168 – Ipiranga – São Paulo – SP – CEP: 04265-010.
Telefones: (11) 2063-5381 ou (11) 2915-7351 das 12h às 18h (de 2ª à 6ª feira).
Informações sobre cursos e palestras: eippb@uol.com.br