1265 - VIAJANDO PELO CAMINHO DOS NOVE SÁBIOS

Chuang-Tzu disse:
“No caminho dos nove sábios, encontrei a essência do Chi*.
O Yin e o Yang fluíam no ar e na terra como o orvalho e o fogo na dança dos elementos. Quente e frio, seco e úmido, luz e escuridão no jogo das polaridades da vida".
O Chi é a grande riqueza, mas poucos homens sabem disso na Terra!”
 
                                   * * *
 
Para a prática de equilíbrio do Chi em si mesmo, visualize formas mentais como se fossem de cristal branco. Visualize uma bola de cristal (ou um triângulo de cristal) diante do centro frontal**. Mergulhe a atenção no brilho do cristal.
Vivifique a aura nos nove mundos siderais... Sintonize o caminho dos sábios Hsien-Tao***. Seja também imortal - em brilho e evolução.
Persevere nos caminhos do Chi e dissolva os malefícios.
Entre em comunhão com o néctar dos nove céuse umedeça a aura com as gotas de orvalho do Chi... e perceba a riqueza entrando em sua vida.
Caminhe com alegria, pois o movimento do Chi é alegre e dinâmico.
Domine a força e vença a inércia espiritual.
 
                                   * * *
 
Um dos sábios ensinou:
“Alguém falou, mas ninguém ouviu; alguém olhou, mas não percebeu; alguém tocou, mas não sentiu. Isso ocorre pela pura falta de sintonia com o Chi e pela falta de consciência a respeito do Tao****.
O caminho dos nove sábios está cheio de Chi, mas só entra nele aquele que domina a si mesmo. Espane a poeira psíquica da aura e vibre o Chi nos chacras.
A árvore balança sob a força do vento; o raio corta o céu escuro; o rio corre por entre as ravinas; o Sol brilha; a Terra gira; as flores desabrocham e os homens vivem... Tudo isso graças ao Chi.
Portanto, viaje nos nove mundos em parceria com o Chi. E agradeça ao Tao pela riqueza que dá vida ao Céu e à Terra.”
O sábio disse isso e saiu voando no dorso de um dragão, por entre as ondas de Chi... E o meu coração se alegrou e comecei a dançar, pois o Chi é minha riqueza e o Tao abençoa aos que deslizam pela existência cheios de espiritualidade e harmonia.
Esse é o segredo da riqueza:
“QUANDO VOCÊ AGRADECE E SORRI, O CHI CIRCULA MELHOR EM SUA AURA.”
 
- Tao-Chi*****-
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – Texto extraído do livro “Viagem Espiritual – Vol. 3” – Editora Universalista – 1998.)
 
- Notas:
*Chi - do chinês - força vital, energia.
Dentro dos ensinamentos taoístas, a força vital é polarizada na natureza das coisas em dois aspectos fenomênicos: o Yin e o Yang, as alternâncias do Chi, as polaridades da energia.
** Chacra Frontal - é o centro de força situado na área da glabela, no espaço espiritual interno da testa. Está ligado à glândula hipófise – pituitária - e tem relação direta com os diversos fenômenos de clarividência, intuição e percepções parapsíquicas. É o chacra da aprendizagem e do conhecimento. Em sânscrito ele é conhecido como “Ajna”, o centro de comando.
Obs.: Chacras - do sânscrito - são os centros de força situados no corpo energético e têm como função principal a absorção de energia - prana, chi -, do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.
Os principais chacras são sete – que estão conectados com as sete glândulas que compõem o sistema endócrino: coronário, frontal, laríngeo, cardíaco, umbilical, sexual e básico.
*** Hsien-Tao – do chinês – os Imortais do Taoísmo; mestres taoístas.
****Tao - do chinês - O Caminho; a Essência de tudo; O Todo.
Na verdade, o Tao não pode ser descrito ou explicado por palavras humanas. Por isso, deixo a cargo do sábio Lao-Tzé uma explicação mais apropriada:
"Há algo natural e perfeito, existente antes de Céu e Terra.
Imóvel e insondável, permanece só e sem modificação.
Está em toda parte e nunca se esgota.
Pode-se considerá-lo a Mãe de tudo.
Não conhecendo seu nome, chamo-o Tao.
Obrigado a dar-lhe um nome, o chamaria Transcendente."
- Lao Tzé - in "Tao Te Ching" – China; Século VI a.C.
***** Tao-Chi: Equipe extrafísica de amparadores ligados à atmosfera espiritual do Taoísmo. Originalmente eram duas equipes: a equipe Tao e a equipe Chi. Posteriormente, as duas equipes se fundiram numa só: Tao-Chi.
Esse grupo me passa ensinamentos oriundos do Taoísmo adaptados à realidade ocidental e aos estudos espirituais modernos, notadamente sobre as projeções da consciência – experiências fora do corpo - e os estudos de Bioenergia.
São exímios manipuladores de energia e ajudam a muitos projetores extrafísicos.

Texto <1265><21/06/2013>

Imprimir Email