1603 - BRASIL E JAPÃO, AMOR E FRUTA-PÃO - II

1603 brasil e japao amor e fruta pao ii
 
BRASIL E JAPÃO, AMOR E FRUTA-PÃO – II
(Nova Ode ao Povo Japonês)
 
Eu vim lá do Japão...
E me apaixonei pelo Brasil.
 
Eu, o samurai de outrora, agora sou moreno...
Hoje eu sou Japa-Tupi-Guarani!
 
Um dia, eu orei aos pés do Monte Fuji...
Hoje, eu aprendo com o bondoso preto-velho.
 
Eu vim da Ilha de Edo...
Para viver no gigante verde e amarelo.
 
Ah, Japão, tão querido ao meu coração...
Eu era flor de cerejeira e agora sou pau brasil!
 
Um dia, eu retornarei aos seus templos...
Mas, hoje, eu danço com exú!
 
A minha flauta shakuhashi está guardada...
Porque hoje eu toco violão e pandeiro.
 
A minha espada já era...
E agora eu aplico passes espirituais com as mãos.
 
Meu querido Japão, em suas terras eu aprendi muito...
Hoje, eu aprendo aqui, nas terras do amado Brasil.
 
Há muitos dos seus filhos vivendo por aqui...
E outros estão por vir, para aprender também!
 
Antes, eu reverenciava o sol nascente como o seu símbolo glorioso...
Hoje, eu gosto mesmo é do sol que brilha no céu da pátria do Cruzeiro.
 
Ah, Japão, como eu lhe agradeço pelo tempo em que vivi em seu seio...
E como agradeço ao Brasil, pelo tempo que estou por aqui.
 
Japão e Brasil, minhas duas terras de honra e alegria...
Dois amores em um só coração!
 
P.S.:
Ah, eu sou Japa-Tupi-Guarani...
Amarelo e moreno, samurai e menino.
Do Oriente ao Ocidente...
Eu sou feliz, lá e aqui.
Salve, Japão! Salve, Brasil!
Sayonará! Axé!
 
(Dedicado ao povo japonês, de lá e daqui, da Terra e do Astral.)
 
Paz e Luz!
 
- Wagner Borges - mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
 
- Nota:
* Para enriquecimento desses escritos, favor ver esses três textos:
- “Sol Nascente - I” -
- “Sol Nascente - II” -
- “Há Algo Mais… Um Amor, Uma Luz - LXVII” -
 

Texto <1603><09/12/2017>

Imprimir Email