1625 - VIAJANDO PELO CAMINHO DOS NOVE SÁBIOS - II

1625 viajando pelo caminho dos nove sabios ii
 
 
VIAJANDO PELO CAMINHO DOS NOVE SÁBIOS – II*
 
A lagarta deixou de ser...
Porque a borboleta bateu asas.
A natureza tem seu jeito...
O Yang e o Yin se complementam.
O sábio conhece bem os ciclos vitais...
E, por isso, preza o equilíbrio.
O doce e o salgado existem no mundo...
Mas o Tao é insípido (impessoal).
Os rios correm para o mar...
Assim como tudo flui para o Tao.
Um cisco no olho pode atrapalhar a visão...
Assim como uma gota de ilusão bloqueia a sabedoria.
O sábio é como o dragão: voa bem alto...
E sua força vem da sua simplicidade.
Quando ele respira, o chi** flui para os seus olhos...
Então, ele se desprende do corpo e voa.
Os nove mundos siderais se desdobram diante de sua visão...
Pois ele é como o dragão (lúcido e verdadeiro).
A meditação é fundamental para serenar a mente.
Nada mais precisa ser dito: mente limpa, coração leve.
 
P.S.:
Existem muitos caminhos...
Mas todos eles desembocam no Tao***.
A eterna urdidura do princípio vital ecoa em tudo...
E só o Tao compreende o Tao.
Tudo é o Tao. Tudo é Um!
O sábio reconhece isso e voa contente...
Pois ele e o dragão também são Um.
 
- Tao-Chi –
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 26 de abril de 2018.)
 
- Notas:
* A primeira parte desse texto está postada nesse link:
Obs.: Sobre o simbolismo dos nove mundos (ou céus) e o dragão, ver o texto “O Tao da Lembrança Vital”, postado nesse link:
** Chi - do chinês - força vital, energia.
Dentro dos ensinamentos taoístas, a força vital é polarizada na natureza das coisas em dois aspectos fenomênicos: o Yin e o Yang, as alternâncias do Chi, as polaridades da energia.
*** Tao - do chinês - O Caminho; a Essência de tudo; O Todo.
Na verdade, o Tao não pode ser descrito ou explicado por palavras humanas. Por isso, deixo a cargo do sábio Lao-Tzé uma explicação mais apropriada:
"Há algo natural e perfeito, existente antes de Céu e Terra.
Imóvel e insondável, permanece só e sem modificação.
Está em toda parte e nunca se esgota.
Pode-se considerá-lo a Mãe de tudo.
Não conhecendo seu nome, chamo-o Tao.
Obrigado a dar-lhe um nome, o chamaria Transcendente."
- Lao Tzé - in "Tao Te Ching" – China; Século VI a.C.
**** Tao-Chi: Equipe extrafísica de amparadores ligados à atmosfera espiritual do Taoísmo. Originalmente eram duas equipes: a equipe Tao e a equipe Chi. Posteriormente, as duas equipes se fundiram numa só: Tao-Chi.
Esse grupo me passa ensinamentos oriundos do Taoísmo adaptados à realidade ocidental e aos estudos espirituais modernos, notadamente sobre as projeções da consciência – experiências fora do corpo - e os estudos de Bioenergia.
São exímios manipuladores de energia e ajudam a muitos projetores extrafísicos.

Texto <1625><02/05/2018>

Imprimir