1630 - MAIS ALGUNS TOQUES ESPIRITUAIS DA COMPANHIA DO AMOR

1630 mais alguns toques espirituais da companhia do amor
 
 
MAIS ALGUNS TOQUES ESPIRITUAIS DA COMPANHIA DO AMOR
 
Natureza: não é burra!
Morte: passagem para outro plano.
Suicídio: a maior babaquice de todas.
Cemitério: lixeira orgânica gigante (bacteriolândia).
Espíritos: gente desencarnada.
Gente: espírito encarnado.
Dia de finados: o dia mais inútil do ano.
Sonho com alguém desencarnado: às vezes, é um encontro espiritual fora do corpo.
Cadáver: casa abandonada.
Viver: aprender, aprender, aprender...
Morrer: viver em outro plano e também aprender, aprender, aprender...
Vela: quando você acende uma, a primeira coisa que se ilumina é a aura da conta bancária do fabricante de velas.
Vela - II: no lugar de vela acesa*, acenda seu coração e irradie Amor para todos.
Criogenia: esqueça! É melhor congelar sua falta de espiritualidade.
Velório: ótima oportunidade para sentar quieto e ler um livro sobre vida após a morte.

 

- Companhia do Amor -
(A Turma dos Poetas em Flor)
 
- Notas:
* Aqui os espíritos da Companhia do Amor estão apenas ironizando as pessoas que imaginam que a luz das velas é mais importante que a luz dos seus corações. Naturalmente, a picardia deles não está direcionada para aquelas pessoas que trabalham nas diversas operações de Magia, que, obviamente, usam as velas com finalidades esotéricas, e não como forma de apego a quem partiu.
Obs.: A Companhia do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem-humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor. Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.
Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros "Companhia do Amor - A Turma dos Poetas em Flor – Volumes 1 e 2" - Edição independente - Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): http://www.ippb.org.br/textos/companhia-do-amor

Texto <1630><23/05/2018>

Imprimir Email