1631- FOLHAS AO VENTO...

1631 folhas ao vento
 
 
FOLHAS AO VENTO...
(Prática para ser feita ao ar livre)
 
- Por Vinícius Rodrigo dos Santos -
 
PREPARAÇÃO:
Encontre um lugar agradável para você ficar, onde consiga sentir uma brisa fresca.
Sente-se na posição que achar mais confortável, mantendo sua coluna ereta e pescoço alinhado com a coluna.
Feche os olhos suavemente, sem forçar.
Cuidado para não ficar em algum lugar que tenha formigas, mosquitos e afins!
Lembre-se de sempre cuidar do seu corpo e da sua saúde!
 
PRÁTICA:
Imagine uma luz no centro da sua testa, entre suas sobrancelhas, por alguns instantes, para concentrar seus pensamentos.
Agora, observe calmamente sua respiração, sem aumentá-la nem diminui-la, somente passivamente observando...
A cada inspiração, imagine que o seu corpo se enche de energia... tornando-o um veículo carnal feito de Luz.
Sinta a brisa que flui à sua volta e mentalize que o seu corpo, que agora é feito de luz, se desfaz em pétalas energéticas (lentamente sendo levadas pelo vento para longe).
À medida que o seu corpo se desfaz em pétalas, é revelada uma esfera de energia muito reluzente no centro do seu peito (que é você mesmo brilhando).
Sinta-se livre do seu corpo.
Perceba que você não é somente o seu corpo, mas algo muito além...
Abra a sua consciência, pois você está conectado com o Todo.
Você faz parte de tudo.
Fique alguns minutos nesta energia...
Calmamente, retorne ao seu estado normal, sentindo novamente o seu corpo e agradecendo a oportunidade de mais uma vez sentir esta energia.
 
P.S.:
Essa prática me veio durante uma reunião com alguns amigos, e a fizemos no jardim de casa. E isso foi ao som do mantra “Om Tare Tutare Ture Soha”, que é ligado à purificação e alívio de sofrimentos.
Aqui está um link do Youtube com uma versão desse mantra:
Se preferir, entoe o mantra em silêncio, somente em sua mente, enquanto efetua a prática.
 
(Texto extraído do Blog Consciência Na Luz: https://consciencianaluz.blog)
 
- Notas:
* Dentro do contexto do Budismo Tibetano, há três Bodhisattvas muito queridos pelos devotos: Manjushri, o Senhor da Sabedoria; Avalokitesvara, o Senhor da Compaixão (criador do mantra da compaixão: Om Mani Padme Hum); e Tara, a Senhora da cura, da energia e da alegria (cujo mantra é “Om Tare Tutare Ture Sohá!”).

Texto <1631><27/05/2018>

Imprimir Email