1634 - RECUPERANDO O TOM DA RISADA

1634 recuperando o tom da risada
 
 
RECUPERANDO O TOM DA RISADA
(Toques DA Companhia do Amor para um Amigo)
 
Porque tanta rispidez, meu amigo?
Nem parece que você é o cara que veio à Terra para animar e alegrar as pessoas...
Você não é vítima de nada!
E não há essa coisa de azar em sua vida.
As coisas que acontecem fazem parte do jogo de viver...
Mas como você reage, é coisa sua - e todos os efeitos oriundos disso também.
O que a vida dá, é do mundo!
Porém, o que você dá em troca, é de sua responsabilidade.
Então, observe melhor o que você está vertendo em torno de sua vida.
Você é bom quando ri... e faz os outros rirem.
Essa é a sua missão!
Seja por cansaço ou bobeira mesmo, às vezes você perde o tom...
Aí, some a risada e só fica a besta estampada em seu semblante.
Portanto, se acerta, rapaz!
E valorize mais as pessoas que o fazem feliz.
É esse o recado de hoje: “Cara de besta, não!
Risadas mil, sim!
E temos dito.
 
Vamos nessa que é bom à beça!
Até mais... rindo com o Papai do Céu.
 
- Companhia do Amor* –
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)
 
- Nota de Wagner Borges:
Esse recado foi direcionado para um amigo meu, e foi na hora certa.
Como o seu conteúdo é positivo, pode servir também para outras pessoas.
Pode suscitar reflexões sadias e mudar rumos mentais e emocionais.
Enfim, que esses toques conscienciais sejam úteis para todos.
(O meu amigo adorou e riu muito, até chorou de alegria.)
Paz e Luz.
 
- Nota do Texto:
* A Companhia do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem-humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor.Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.
Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros "Companhia do Amor - A Turma dos Poetas em Flor – Volumes 1 e 2" - Edição independente - Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): http://www.ippb.org.br/textos/companhia-do-amor

Texto <1634><12/06/2018>
 

Imprimir Email