1691 - ASSISTÊNCIA RADIANTE

 
 
1691 assistencia radiante
 
ASSISTÊNCIA RADIANTE 
 
Há cerca de uns dois anos, eu passava de carro junto com uma amiga pela Rua Domingos de Morais (zona sul de São Paulo). Eram por volta de 22h50min e a noite estava bastante chuvosa e fria.
Eu estava voltando para casa após um curso e minha amiga estava me dando uma carona providencial. 
Estávamos conversando, quando fomos surpreendidos por um forte barulho de batida de carro e vidros estilhaçados na pista contrária a que estávamos indo. Olhamos para o outro lado e vislumbramos no meio da chuva dois carros batidos e saindo muita fumaça.
Imediatamente, descemos do carro e fomos prestar socorro às vítimas que ainda estavam atordoadas dentro dos veículos. Junto com outras pessoas que também pararam para ajudar, nós retiramos os feridos para fora dos carros. Eram quatro pessoas no total. Estavam bastante ensanguentadas e uma delas tinha cacos de vidro dentro dos olhos. 
Minha amiga ligou do celular para um quartel do corpo de bombeiros que ficava perto. Em alguns minutos, surgiu uma viatura de socorro dos bombeiros e ali mesmo no local eles prestaram ajuda aos feridos. Ficamos um pouco afastados olhando aqueles homens trabalharem no meio da chuva. 
Desde o comandante da equipe até os soldados, todos demonstraram um alto grau de profissionalismo e atenção para com aqueles feridos, principalmente para com a moça que estava com os cacos de vidro nos olhos (ela estava muito nervosa, naturalmente).
Eu observava a dedicação daqueles homens trabalhando, quando percebi uma atmosfera cor de rosa preenchendo o ambiente da rua em volta de todos nós, mas principalmente em volta dos bombeiros. Eram as energias dos amparadores extrafísicos* que davam assistência aos bombeiros. Emanações cor de rosa são características de vitalidade e amor. Elas estavam ali comprovando aquela máxima espiritualista: “Semelhante atrai o semelhante!”.
Prestados os primeiros socorros, os bombeiros embarcaram na viatura a moça com o problema nos olhos e uma colega dela que estava com várias escoriações pelo corpo.
Nesse ínterim, passou uma ambulância do Hospital do Jabaquara na pista oposta.
Seus integrantes viram a cena do acidente, fizeram um retorno rápido (contrário à direção em que estavam seguindo) e pararam junto a nós. Desceram da viatura dois enfermeiros e perguntaram se os bombeiros precisavam de ajuda. Explicaram que estavam voltando para o hospital e poderiam levar os pacientes. Porém, os bombeiros já estavam de partida e preferiram completar o serviço.
Observei os dois enfermeiros.
Eram um homem e uma mulher negros, simpáticos, bem fortes, atarracados, na faixa dos 35 anos de idade. Seus olhos brilhavam demais e que maravilhosa simpatia emanava dos dois! Em torno deles, havia uma atmosfera energética branca radiante. E que energia!
Por frações de segundo, vislumbrei uma equipe de amparadores espirituais que acompanhava invisivelmente aquele pessoal em seus trabalhos de assistência. Até a ambulância tinha a mesma aura** radiante.
A seguir, eles partiram e fiquei observando de longe a ambulância radiante sumir no meio da noite chuvosa.
Ao chegar em casa, tomei um banho quente e fiz um lanche. Ainda estava impressionado com as energias daquele pessoal.
Nem os bombeiros ou os enfermeiros perceberam, mas os espíritos estavam junto com eles o tempo todo.
Eles não haviam feito preces ou evocado ninguém, estavam apenas trabalhando com boa vontade. Por isso, aquelas energias maravilhosas abençoavam seus procedimentos assistenciais. 
Resumindo: Tudo é uma questão de sintonia! Nossos pensamentos e sentimentos determinam a qualidade de nossas energias na vida.
 
P.S.:
Há pessoas boas trabalhando anonimamente no mundo, física e extrafisicamente. A mídia e as pessoas pessimistas desconhecem seu valor, mas elas estão por aí espalhando sua luz. São pessoas radiantes! E como é bom escrever que elas existem...
 
Paz e Luz!
 
- Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
(Texto extraído do livro “Falando de Espiritualidade” – Editora Pensamento – 2002.)
 
- Notas:
* Amparadores extrafísicos – entidades extrafísicas e positivas que ajudam na evolução de todos; mentores espirituais; protetores astrais; auxiliares invisíveis; guias espirituais; benfeitores espirituais.
** Aura – do latim, aura - sopro de ar – halo luminoso de distintas cores que envolve o corpo físico e que reflete, energeticamente, o que o indivíduo pensa, sente e vivencia no seu mundo íntimo; psicosfera; campo energético.

Texto <1691><18/06/2019>
 

Tags: Wagner Borges

Imprimir