1424 - DO ORAN MOR AOS CORAÇÕES APAIXONADOS PELA LUZ - III*

1424 - DO ORAN MOR AOS CORAÇÕES APAIXONADOS PELA LUZ - III*
 
 
DO ORAN MOR AOS CORAÇÕES APAIXONADOS PELA LUZ – III*
(Como um Neófito Admirado Escuta o Sussurro Sutil do Eterno...)
 
Você já escutou o Som do Eterno em seu coração?
Como um sussurro sutil da Luz...
Você já sentiu um Grande Amor tocar o seu pequeno coração?
Como o Todo tecendo estrelas no universo do seu peito...
Você já sentiu uma linda canção levando-o (a) para viagens extrafísicas?**
Como um voo espiritual nas asas da música...
Você já percebeu o brilho do amanhecer em seus olhos?
Como uma aurora espiritual raiando em seu Ser...
Você já fez a escalada consciencial em si mesmo?
Como um alpinista escalando o Himalaia de dentro...
Você, antigo (a) guerreiro (a), já quebrou a sua rigidez?
Como quem derrete as espadas no fogo do Amor...
Você já nadou num oceano de Ananda?***
Como quem viaja nas ondas do Samadhi...****
Você, antigo (a) iogue, já saiu de sua caverna?
Como uma borboleta saindo do casulo...
Você, antigo (a) mestre (a), já aprendeu a ser neófito (a) do Todo?
Como quem compreende os ciclos da reencarnação...
Você já tomou coragem para vencer a si mesmo?
Como quem entende o que é realmente importante...
Você já perdoou alguém? E também já se perdoou de algum mal feito?
Como quem sabe que o tempo passa e as coisas mudam...
Você já palmilhou as trilhas do infinito?
Como quem voa feliz para fora do corpo...
Você já descobriu os grandes mistérios em si mesmo?
Como quem reencontra o essencial...
Você já visitou os sete templos energéticos de sua aura?
Como quem considera os próprios chacras***** como pequenos sóis...
Você, que lê essas linhas, já percebeu o essencial?
Como quem ama sabe (aquilo que se sente e não se explica)...
Você já parou de chorar pelos que partiram para a Casa das Estrelas?
Como quem sabe que a vida continua, sempre...
Você, leitor (a), já compreendeu os motivos dessas linhas?
Como quem crema suas ilusões na fogueira do discernimento...
Você já se rendeu à Luz?
Como quem sempre aspirou por Ela...
Você reconhece que o Todo está em tudo?******
Como quem escuta o Som do Oran Mor em seu coração...
 
P.S.:
Você agora compreende?
Que quando o coração fala ao coração...
Não há mais nada a dizer.
Então, só fica o som do Oran Mor...*******
Ah, isso não se explica, só se sente.
(E quem ama, sabe).
 
- Wagner Borges - mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
 
- Notas:
* As duas primeiras partes desse texto estão postadas no site do IPPB, nos seguintes links específicos:
Parte I –
Parte II –
** Projeção da consciência – é a capacidade parapsíquica - inerente a todas as criaturas -, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico.
Sinonímias: Viagem astral – Ocultismo.
Projeção astral – Teosofia.
Projeção do corpo psíquico - Ordem Rosacruz.
Experiência fora do corpo – Parapsicologia.
Viagem da alma – Eckancar.
Viagem espiritual – Espiritualismo.
Viagem fora do corpo – Diversos projetores extrafísicos e autores.
Emancipação da alma (ou desprendimento espiritual) – Espiritismo.
Arrebatamento espiritual - autores cristãos.
*** Ananda – do sânscrito – estado de bem-aventurança; êxtase espiritual.
**** Samadhi – do sânscrito - expansão da consciência; estado de consciência cósmica.
***** Chacras - do sânscrito - são os centros de força situados no corpo energético e têm como função principal a absorção de energia - prana, chi -, do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.
  Os principais chacras são sete – que estão conectados com as sete glândulas que compõem o sistema endócrino: coronário, frontal, laríngeo, cardíaco, umbilical, sexual e básico.
****** O Todo - expressão hermética para designar o Poder Absoluto que está em tudo. O Supremo, O Grande Arquiteto Do Universo, Deus, O Amor Maior Que Gera a Vida. Na verdade, O Supremo não é homem ou mulher, mas pura consciência além de toda forma. Por isso, tanto faz chamá-lo de Pai Celestial ou de Mãe Divina. Ele é Pai-Mãe de todos. Quando se afirma que o Todo é o Grande Hierofante, é no sentido de que Ele é o Supremo iniciador de todos os seres, pois está em tudo!
Obs.: Hierofante - dentro do contexto das iniciações esotéricas da antiguidade, era o mestre que testava os neófitos (calouros) nas provas iniciáticas.
******* Oran Mor - traduzido como "A Grande Melodia", é o que existe de mais próximo sobre o mito celta da Criação. Diz-se que o Oran Mor começou no silêncio, quando nada existia ainda. Depois a canção começou. A vida foi tocada na existência e a melodia continuou desde então, para aqueles que a ouvem...

Texto <1424><26/06/2015>

Imprimir Email