1641 - ÁGUAS DE ARUANDA NA CIDADE MENINA*

1641 aguas de aruanda na cidade menina
 
 
ÁGUAS DE ARUANDA NA CIDADE MENINA*
 
Aracaju, cidade menina.
Lar das Águas de Aruanda...
Onde Iemanjá comanda!
Lar de gente que é sonho e amor...
Onde o bom preto-velho canta a caridade.
Lar de gente-estrela...
Onde aportam as naves do Bem.
Lar Jardim de Ananda...
Onde os mentores do Oriente trazem o mantra da boa palavra.
Lar de gente que ancora o Divino no mundo...
Onde o lema é fazer o Bem sem olhar a quem.
Lar dos golfinhos que nadam do mar para o rio...
Onde a Mãe da Águas dança e cura.
Aracaju, cidade menina.
Lar das Águas de Aruanda, sim senhor...
Nos Braços de Oxalá.
 
(Dedicado aos meus amigos do Centro Águas de Aruanda, que fazem um lindo trabalho de assistência social e espiritual na cidade de Aracaju, capital do estado de Sergipe.)
 
- Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
Aracaju, 21 de julho de 2018.
 
- Notas:
* Esses texto foi escrito durante o 2º Encontro de Ufologia e Espiritualidade de Sergipe, realizado em Aracaju, no Teatro Atheneu (organizado pelo pessoal do Centro Espiritualista Águas de Aruanda), onde eu era um dos palestrantes do evento. Em seguida, foi lido para todos os presentes e deixou uma atmosfera muito positiva no ambiente.
Obs.: O site do Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda é esse aqui:

Texto <1641><26/07/2018>
 

Tags: Wagner Borges

Imprimir