COMPÊNDIO SOBRE RITOS DE AMOR – PARTE I

(Devido ao grande volume de mensagens e e-mails que recebo perguntando sobre rituais para conquistar parceiros e afins, optei por escrever este pequeno compêndio para "mente, corpo e alma", dividido em 2 partes (aqui está a primeira parte), porque nenhum ritual pode resolver seus problemas internos, e estar bem emocional e sentimentalmente depende única e exclusivamente de você, e não de forças ocultas!)

1. A Vida é, na verdade, muito simples. O que damos, recebemos.
O que pensamos sobre nós, torna-se verdade para nós. Todos somos responsáveis 100% sobre nossas vidas e tudo o que nela pode acontecer de bom ou ruim.
Cada pensamento, ação e palavra que falamos, criam nossas experiências.

2. O Universo nos apóia totalmente em cada pensamento que escolhemos ter e acreditar, seja ele bom ou ruim.
Nossa mente subconsciente aceita tudo que escolhemos acreditar, e torna isso real para nossas vidas. Gosto de dar o exemplo de um programinha do micro. Você instala, configura e depois executa. Com nossos pensamentos acontece a mesma coisa. Primeiro nós o "instalamos", depois começamos a enchê-los com pensamentos e em seguida ele é executado, criando tudo aquilo que colocamos nele em nossa vida real.
Para a vida, você nasceu para ser feliz, e ter tudo o que quiser e desejar. E é isso o que ela faz. Agora, você é que tem que escolher o que é bom para você e o que lhe faz mal, porque ela não distingue bom de ruim, ela apenas lhe dá o que você quer. Então, se você acha que nunca vai ter um relacionamento duradouro e verdadeiro, com uma pessoa legal, que lhe mereça, o universo vai investir nisso, e sua mente subconsciente também, reforçando ainda mais a situação. E enquanto você não mudar a forma de pensar, você sempre terá relacionamentos que lhe decepcionarão.

3. O poder universal jamais nos julga ou critica.
Ou seja, ele apenas nos aceita dentro do nosso próprio valor e depois reflete nossas crenças em nossas vidas (complemento do tópico anterior).
Se quero acreditar que a vida é solitária e que ninguém me ama, é isso que encontrarei em meu mundo.
Todavia, se estou disposta a abandonar essa crença e afirmar para mim mesma: "O amor está em todos os lugares e eu sou amorosa e digna de amor", mantendo-me firme nessa nova declaração e repetindo-a com freqüência, ela se tornará verdade para mim. Então, pessoas amorosas entrarão em minha vida, as pessoas que já estão nela tornar-se-ão mais amorosas em relação a mim e eu me encontrarei expressando amor pelos outros com facilidade.

4. O ponto do poder está sempre no momento presente.
Todos os eventos que você experimentou em sua vida até este instante, foram criados pelos pensamentos e crenças que manteve no passado. Eles foram criados pelos pensamentos e palavras que você usou ontem, na semana passada, no mês passado, no ano passado, há 10, 20, 30, 40 anos ou mais.
Entretanto, esse é o seu passado e ele já acabou, não pode ser modificado. O importante neste momento é o que você está escolhendo pensar, acreditar e dizer AGORA. Esses pensamentos e palavras criarão o seu futuro amanhã.
Então, preste atenção nisso, para não repetir os mesmos erros e reclamar amanhã. É importante lembrar que, em seu passado, o que você fez foi de acordo com o que achava estar certo, dentro dos conhecimentos que você possuía naquele tempo. É absurdo você exigir de si mesmo que tivesse agido diferente no passado, pois você não tinha o conhecimento que possui hoje.

5. A única coisa com que estamos sempre lidando é com pensamentos, e pensamentos podem ser modificados.
Não importa qual seja o problema, nossas experiências são tão somente efeitos externos de pensamentos internos. O passado não tem poder sobre nós, não importa há quanto tempo estivermos abrigando um padrão negativo. O ponto de poder está no presente. Você pode mudar agora, basta querer!

6. Acredite ou não, podemos escolher nossos pensamentos.
Podemos habitualmente pensar e repensar a mesma coisa, tantas vezes que perdemos a noção de que estamos escolhendo o pensamento. Podemos nos recusar a pensar certas coisas. Veja quantas vezes você se recusou a pensar algo de positivo sobre você mesmo! Da mesma forma, também poderá se recusar a pensar algo de negativo sobre si mesmo.

7. Nós somos imãs, pode acreditar.
Se você começar a reparar melhor em você mesmo e em seus sentimentos e pensamentos, verá que todas as pessoas em sua vida, surgiram nela, em algum momento em que você e essa pessoa tinham algo em comum.
Repare que as pessoas que você atrai em sua vida, em algum momento, tinham o mesmo tipo de pensamento que você, e por isso você as atraiu.
Isto é sintonia. Somos como imãs, atraímos tudo o que se harmoniza com nossos traços dominantes e repelimos o que não tem nada a ver conosco.
É bom utilizar o exemplo do botão do rádio que sintoniza as estações que você quer ouvir. Quando você coloca em uma determinada estação, vai ouvir tudo o que está ao redor dela. Quando você gira, o botão vai para outra sintonia e você passa a ouvir esta. Com a gente é a mesma coisa. Você está em uma sintonia. Quando muda sua forma de pensar e acreditar, automaticamente muda o botão do rádio, e sua sintonia também muda. Então, atraímos pessoas e situações em nossas vidas de acordo com essa sintonia.

8. As pessoas, situações e acontecimentos não aparecem em sua vida por acaso. ACASO É UMA COISA QUE NÃO EXISTE!
Se você vive com uma pessoa agressiva, que desqualifica suas atitudes, preste atenção: A VIDA QUER QUE VOCÊ APRENDA ALGO NESSA CONVIVÊNCIA. Quando tiver aprendido, a pessoa mudará a maneira como lhe trata, ou sairá da sua vida. Lembre-se: a vida lhe trata como você se trata. Não se esqueça disso!
Aliás, isso serve não somente para a vida amorosa ou relacionamentos, serve para todas as áreas de sua vida!
Tenha em mente uma coisa: A vida tenta lhe ensinar algo, através de situações, ações, pessoas e acontecimentos em sua vida, sutilmente. Caso você demore para perceber isso, ou simplesmente quer fazer de conta que não sabe de nada, provavelmente você vai passar novamente por algo parecido, amanhã, depois, ou num futuro próximo, mas tenha certeza de que passará pela situação novamente, se ainda não aprendeu com ela. E hoje, esse acontecimento pode ser um tapinha camarada nas costas, do tipo "Hei amigo, você precisa aprender isso, e eu estou lhe dando essa forcinha para ajudá-lo"; e amanhã, caso essa forcinha não seja suficiente para você aprender e resolver as coisas, pode vir uma pancada do tipo: "Eu fui gentil várias vezes, e lhe dei muitas chances de aprender e resolver esta situação. Você achou melhor deixar para lá. Agora agüente as conseqüências!".
Sabe aquela frase "se não aprender por bem, aprende por mal"? Então, você pode escolher a melhor forma de aprender, na base da descoberta e conserto, ou na base da pancada mesmo.
Olha, com isso, não veja a vida ou universo, ou a força superior (como queira chamar), como algo ruim, falta de sorte ou castigo. Na verdade, isso precisa acontecer para que você aprenda e se supere ainda mais, evoluindo com isso.
Isso aconteceu, provavelmente, porque VOCÊ não tomou a iniciativa sozinho, então, a vida teve que lhe dar uma mãozinha, para você evoluir e não estacionar! Só isso.

9. Alguns toques sobre relacionamentos:
Carência afetiva é falta de seu próprio amor. Na verdade, só você pode suprir suas necessidades, quaisquer que sejam (isso pode parecer um pouco duro de início, mas se começar a pensar melhor sobre isso, verá que você realmente é completo. Deus não iria criar um ser pela metade. E se por um "azar", você nunca encontrasse sua outra cara metade?). Quando tem sede, só você sabe o tanto de água de que necessita tomar para saciá-la. Quando sente falta de carinho, só você sabe o jeito que gostaria de recebê-lo. Ninguém está dentro de você para preencher essas carências do jeitinho que você queria. O outro é o outro. Você é você.
Na verdade, você precisa e sente falta de ter um relacionamento, porque você DEVERIA crescer com ele, evoluir (apesar de nem sempre conseguirmos isso). A união verdadeira é baseada na amizade, na possibilidade de expandir os potenciais de cada um, de aprender com o outro coisas que só conseguimos aprender junto de outras pessoas. Fora disso, as pessoas experimentam uma solidão a dois, só compartilham do mesmo teto e, às vezes, da mesma cama.
O grande segredo do sucesso no amor e nos relacionamentos é DARMOS A NÓS MESMOS AQUILO QUE QUEREMOS QUE OS OUTROS NOS DÊEM.
O primeiro passo nessa direção é a aceitação.
Você é capaz de se aceitar incondicionalmente?
Aceitar-se é olhar-se sem julgamento, sem críticas. É compreender que você é um ser único, especial e exclusivo no universo. Parece simples, mas não é. Para isso é preciso ser humilde para reconhecer as conquistas que realizou e as habilidades que você desenvolveu. É preciso ser humilde também para olhar suas limitações e fracassos, sem se culpar, mas entendendo que os chamados "erros" fizeram você evoluir. E, principalmente, não se comparar a ninguém, NUNCA.
Aceite que você pode estar nervoso, alegre, irritado, paciente, atento, amoroso. Aceite que você experimenta todos esses sentimentos e emoções. Aceite que você é um ser perfeito, que está se descobrindo e se percebendo.
Quando não desenvolvemos a auto-aceitação, intoxicamo-nos pela raiva voltada contra nós mesmos e acabamos por atrair pessoas e situações complicadas ao nosso redor.
O amor não é troca, não é mercadoria, não é cobrança. O outro não lhe deve nada, só porque você o ama. O amor é seu, o sentimento é seu, e não do outro, e você o dá para quem quiser. Amar é dar, e não usar.
Não se escore no outro. Isso é muito triste, porque você desenvolve a incapacidade de perceber e preencher suas reais necessidades, e o pior, passa a viver pelo outro, e não para si.
Ame-se. Dê a você tudo o que gostaria que os outros lhe dessem.
Só você vai estar com você pela eternidade!

10. RELACIONAMENTOS:
O amor vem de onde menos se espera, quando não se está procurando por ele. Sair à procura do amor nunca resulta na chegada do parceiro certo e só cria melancolia e infelicidade. O amor nunca está fora de nós, mas dentro de nós.
Não insista na chegada imediata do amor. Talvez você não esteja pronto para ele, ou ainda não desenvolvido o bastante para atrair o amor que deseja.
Não aceite qualquer um só para ter alguém. Estabeleça seu modelo. Que tipo de relacionamento deseja atrair? Faça uma lista das qualidades que realmente deseja ter no relacionamento, desenvolva-as em você mesmo e verá como atrai uma pessoa que as possui.
Examine, também, o que pode estar mantendo o amor afastado. Seria a crítica, sensação de ser indigno receber amor ou ser feliz com alguém?
Esteja pronto para o amor quando ele vier. Prepare o campo e apronte-se para nutri-lo. Sendo amoroso, você será amado. Esteja sempre aberto e receptivo ao amor.

11. Leia, pelo menos uma vez por dia, essa afirmação diária. Você também pode escrever uma própria, de acordo com o que você acha que precisa trabalhar em si.

"Na infinidade da vida onde estou, tudo é perfeito, pleno e completo. Vivo em harmonia e equilíbrio com todos que conheço.
Bem no centro do meu ser existe uma fonte infinita de amor.
Agora deixo esse amor vir à tona.
Ele enche meu coração, meu corpo, minha mente, minha consciência, todo o meu ser e irradia-se de mim em todas as direções, voltando a mim multiplicado.
Quanto mais amor uso e dou, mais amor tenho para dar.
O suprimento é infinito.
Sinto-me bem com o amor, e essa sensação é uma expressão de minha alegria interior.
Eu me amo. Portanto, cuido carinhosamente de meu corpo e de mim.
Amorosamente eu o alimento com comidas e bebidas nutritivas.
Amorosamente eu exercito e arrumo meu corpo, e ele, com carinho, me responde com saúde e energia vibrantes.
Atraio somente pessoas carinhosas para o meu mundo, pois elas são um reflexo de mim.
Eu me amo, portanto, perdôo e liberto totalmente o passado e todas as experiências passadas. Eu estou livre.
Eu me amo, portanto vivo completamente o presente, vivenciando cada momento como bom e sabendo que meu futuro é brilhante, alegre e seguro, pois sou filho amado do Universo, e Ele, com todo o seu amor, cuida de mim agora e para sempre. Tudo está bem em meu mundo.”

- Chrys Altran -

Recomendo aos leitores os seguintes livros, que de uma forma ou de outra mudaram a minha vida e a forma com eu que pensava:

1. “VOCÊ PODE MUDAR A SUA VIDA”
Como despertar idéias positivas, superar doenças e viver plenamente.
Autora: Louise L. Hay.
Editora Best Seller.
Obs.: Esse é um dos meus livros de cabeceira. Tento lê-lo no mínimo uma vez por ano, apesar de já tê-lo decorado, é sempre bom relembrar algumas coisas que podemos esquecer.

2. “SE LIGUE EM VOCÊ” (para adulto, pois existe um livro com o mesmo nome, mas para o público infantil).
Autor: Luis Antonio Gasparetto.
Editora: Espaço Vida & Consciência.

3. “FAÇA DAR CERTO”
Autor: Luis Antonio Gasparetto.
Editora: Espaço Vida & Consciência

Imprimir