OM MANI PADME HUM

(Para Sintonizar a Compaixão Divina)

Nessa prática trabalhamos com os chacras frontal e cardíaco. A sensação de abertura do coração espiritual, assim como a sintonia de agradecimento para com este órgão, é única e muito boa de ser sentida!

PREPARATIVOS BÁSICOS:

Para realizar esta prática, dê preferência a um ambiente calmo onde você não seja interrompido. Se você mora com outras pessoas, avise-as que estará ocupado pelos próximos cinco ou dez minutos (depende do tempo de seu relaxamento) e que retornará depois se alguém lhe procurar ou telefonar.

Selecione uma música tranqüilizante e deixe tocando durante toda a prática. Para este exercício, recomendo uma música que lembre a Índia, ou os monges Budistas tibetanos. Caso não tenha, o exercício pode ser realizado com qualquer outra música desde que seja tranqüilizante e favoreça a meditação.

Se puder, trabalhe em um ambiente de penumbra, com um abajur, ou se preferir, utilizar uma vela (lembre-se sempre de acomodá-la bem, e longe de madeiras, panos ou papéis, para que não haja risco de incêndio caso você durma logo após a prática).

Prefira fazer suas práticas sem brincos, pulseiras ou relógios, sem roupas apertadas.
 
PROCEDIMENTOS PRÁTICOS:

1. Sentado, em posição de lótus* e de olhos fechados, relaxe seu corpo e sua mente.

2. Escute o som da música e deixe-o entrar, não somente em seus ouvidos, mas em seu corpo inteiro.

3. No Chacra frontal (localizado entre as sobrancelhas, um pouco acima) visualize uma pequenina luz branca fluorescente, e mentalize ali dentro o mantra "luz". Para isso, em lugar de pronunciar o mantra "luz" pela sua boca, imagine que sua voz está no seu chacra frontal, e que a palavra é pronunciada diretamente (mentalmente) do chacra. Faça isso por alguns minutos.

4. Visualize seu coração. Tente sentir o batimento cardíaco e o seu sangue sendo bombeado para todo o seu corpo. Aproveite este momento para mostrar sua gratidão, por este órgão tão importante.Visualize uma esfera brilhante de luz rosa envolvendo seu coração.

5. Ainda nesta região, visualize que do chacra cardíaco emana uma luz verde esmeralda muito brilhante. Essa luz sai do seu coração e é dirigida para todos os necessitados, que estejam no ambiente, na casa, na rua, no bairro, na cidade, no estado, no país, enfim, em qualquer lugar deste ou de outros planos.

6. Comece a entoar o mantra "Om Mani Padme Hum**". Pode entoar mentalmente, dentro do chacra cardíaco, ou em forma de canto. Fique assim pelo tempo que achar necessário.

7. Aos poucos, vai voltando ao seu normal...

8. Agradeça pela prática realizada, acreditando que sua energia possa auxiliar os mais necessitados. Sinta-se bem!


- Chrys Altran -


OBS.: um breve desconforto na região do Chacra Cardíaco é perfeitamente normal nesta prática. Principalmente por pessoas que não tenham costume de exercitar este chacra.
No Chacra Frontal é possível acontecer lampejos ou flashs ao realizarmos a visualização. É uma reação normal ao estímulo deste chacra.

- Notas:
* Posição de lótus (do sânscrito: Padmasana): é um dos asanas (posturas psicofísicas) praticados pelos iogues - Sente-se com as pernas estendidas à frente. Dobre uma das pernas colocando o pé sobre a coxa oposta, com a sola virada para cima e o calcanhar tocando o osso pélvico. Dobre a outra perna de forma que o pé se posicione da mesma maneira na coxa oposta. Caso não se sinta confortável com esta posição ou tenha dificuldade em manter a coluna ereta, escolha uma posição sentada, que seja mais confortável para você.
** OM MANI PADME HUM (do sânscrito): Mani: Jóia – Padme: Lótus. É um dos mantras mais famosos do Oriente. É muito usado pelos budistas tibetanos. É considerado um mantra da compaixão divina, personificada na figura de avalokitesvara, o Bodhisattva da compaixão para os tibetanos, e na figura da deusa Kuan-Yin pelos chineses.

Imprimir