PRÁTICA DA CASCATA DE LUZ

(Para ativação do chacra frontal)


Observações: Esta prática também auxilia na limpeza e purificação do corpo físico e da aura. Para realizá-la, dê preferência a um ambiente calmo onde você não seja interrompido.

Se você mora com outras pessoas, avise-as que estará ocupado pelos próximos cinco ou dez minutos (depende do tempo de seu relaxamento) e que retornará se alguém lhe procurar ou telefonar.

Selecione uma música tranqüilizante e deixe tocando durante toda a prática. Para este exercício, recomendo uma música que o faça sentir-se protegido, confortável e confiante. Caso não tenha, o exercício pode ser realizado com qualquer outra música, desde que seja tranqüilizante e favoreça a meditação.

Se puder, trabalhe em ambiente de penumbra, com um abajur, ou se preferir utilizar vela, lembre-se sempre de acomodá-la bem, e longe de madeiras, panos ou papéis, para que não haja risco de incêndio caso você durma logo após a pratica.

Prefira fazer suas práticas sem brincos, pulseiras ou relógios, sem roupas apertadas.

PRÁTICA

1. Volte sua atenção para o chacra frontal (situado entre as duas sobrancelhas). Esqueça o resto de seu corpo. É como se você existisse somente neste ponto de seu corpo.

2. Utilizando o poder de sua mente, visualize uma cascata de luz branca fluorescente, jorrando de seu chacra frontal. Visualize que essa "água de luz" sai de seu chacra frontal e escorre por dentro de seu corpo, limpando-o e purificando-o. Medite com esta visualização pelo tempo que achar necessário.

3. Mentalize o ambiente onde você se encontra, e visualize-o iluminado, com o brilho refletido por esta água.

4. Se quiser, mentalize uma pessoa que você saiba que esteja precisando, e envolva-a com esta luz branca. Se não tiver ninguém em mente, apenas visualize esta luz branca sendo enviada a todos as pessoas que estiverem precisando.

5. Sinta-se bem!


- Chrys Altran -


P.S.: Ao trabalharmos com o chacra frontal é possível acontecer lampejos ou flashs esbranquiçados, forte "formigamento" na região, ou uma espécie de sensação de "buraco" no local. É considerado uma reação normal ao estímulo deste chacra.
Se você quer verdadeiramente ativar este chacra, é necessário uma real dedicação nos trabalhos e exercícios energéticos, continuamente. Para este exercício, recomendamos, no mínimo, seis meses de prática diária.

- Nota de Wagner Borges: Essa prática bioenergética descrita pela Chrys é excelente. Ela e o seu marido, Décio Alexandre Pena, são estudantes e praticantes dos caminhos espirituais há muito tempo. Ambos são meus amigos e freqüentadores assíduos das palestras públicas de 6a feira, no IPPB. Também são os organizadores de um excelente site sobre temas espirituais variados (chacras, bioenergia, rituais ocultistas, projeção da consciência, magia, e outros): www.encantosefeiticos.com.br .

Imprimir