A ESCRITA DE DEUS - por Irene Carmo Pimenta

- Por Irene Carmo Pimenta -

Deus escreve certo por linhas tortas. Assim costumamos dizer em nossa caminhada.

Mas a escrita de Deus é perfeita e corre por linhas também perfeitas. São traçadas a partir de Suas Leis Cósmicas, que são a própria manifestação da Perfeição DIVINA.
 
Somos nós que enxergamos as linhas com o olhar torto pelas ilusões do ego.

Muitas das experiências pelas quais passamos poderiam ser evitadas. São atalhos que nos tiram da estrada principal.

Contudo, a bondade do Pai é tanta, que nos permite tomar os “atalhos”. Temos o livre arbítrio.

Deixamos a senda principal e vamos tomando atalhos e mais atalhos. Mas por fim sempre chegaremos ao nosso destino, que é a evolução e o retorno à LUZ.

Ao retomarmos a estrada (sim, pois de um jeito ou de outro sempre retomamos), viajantes cansados e estropiados pelas pedras do caminho, acabamos por nos perceber mais fortes e amadurecidos pelos percalços que enfrentamos.

E chegamos à conclusão de que, apesar dos espinhos e das decepções, no fim TUDO ESTÁ CERTO COMO ESTÁ.

E que as experiências ruins pelas quais passamos, foram apenas “professores” disfarçados em “promotores de sofrimento”, a serviço da nossa evolução.

Podemos "perder" o amor do companheiro ou da companheira de viagem, mas não perderemos jamais o AMOR MAIOR que faz o nosso coração pulsar no ritmo do Cosmos.

Pessoas movidas por má fé, raiva, ciúmes e tantos outros sentimentos menores podem nos caluniar, falar mentiras a nosso respeito, nos roubar, nos humilhar, nos fazer chorar. Mas as lágrimas não irão nos impedir de ver a LUZ MAIOR, que em tudo interpenetra, que tudo ilumina.

E são justamente esses atalhos que nos fazem descobrir a importância do Perdão. E retomamos a estrada quando aprendemos a perdoar e a pedir perdão.

E percebemos então que os atalhos também são partes da estrada. Da reta estrada. Partes das linhas perfeitas, onde DEUS, o Grande Arquiteto Do Universo vai nos ensinando, em Seu infinito Amor , a escrever a nossa própria história.


PAZ E LUZ!


- Nota de Wagner Borges: Irene Carmo Pimenta é Terapeuta Holística e Numeróloga. Com formação em Pedagogia e Psicanálise, atuou durante muitos anos como educadora. Na década de 1980, em busca de respostas para questionamentos que iam um pouco além daquelas que os meios acadêmicos convencionais podiam fornecer, passou a estudar técnicas de bioenergias e curas vibracionais. Especializou-se como Terapeuta Floral, (tendo como "mestres" Patricia Kaminski e Richard Katz, entre outros).
Descobriu na Numerologia um campo extremamente rico de auto-conhecimento e aperfeiçoamento. Desde então, não interrompeu mais seus estudos e suas pesquisas.
Aprofundou seus conhecimentos em Psicologia (abordagem Junguiana), Reiki e na Prática do Caminho Sagrado dos Nativos Sioux. Percebeu que o conhecimento adquirido, longe de chocar-se de forma antagônica com o conhecimento formal, ampliava o leque de possibilidades de atuação, não só como terapeuta e educadora, mas e principalmente como uma "facilitadora", despertando naqueles que a procuravam o potencial para "ativar" o seu próprio curador interno. O objetivo de suas "Oficinas de Consciência" é mostrar que é possível haver um intercâmbio dinâmico entre o conhecimento cientifico e formal, as tradições espirituais e as técnicas de cura vibracional, em prol do bem-estar e da qualidade de vida dos seres humanos.

Imprimir