PONTE - por Luciana Rocha

- Por Luciana Rocha -

Constantemente algumas perguntas vão e voltam em minha mente. E constantemente questiono a Deus sobre elas.

Enquanto o mundo terreno pede e ativa os sentidos físicos, o espiritual caminha no desligamento deles.

Então, o que dizer de um espírito que vive em um corpo físico?
 
Várias vezes, sinto-me como se estivesse no meio de uma ponte: de um lado tem o plano terreno e do outro lado, o espiritual.

Do lado esquerdo (espiritual), tem uma neblina, não consigo ver, apenas deduzo ou sinto.

Do lado direito (terreno), já vejo as formas e consigo ouvir.

Para onde seguir?

O meu espírito olha para a esquerda e o meu corpo para a direita.

Como caminhar? Como evoluir?

É neste instante que me lembro de Jesus. Provavelmente eu não estou na ponte, eu sou a ponte.

Por isso mais importante do que andar no caminho, é ser ele. É ser o caminho, a verdade e a vida.

É ser o equilíbrio, o caminho do meio, a ponte.

É juntar o terreno com o espiritual.

Viver aqui e lá.

Com forma e sem forma.

Vendo e não vendo.

Sentindo e amando.


- Nota: Luciana Rocha é professora de Ioga e nossa amiga. Ela nos autorizou a postagem desse seu inspirado texto em nosso site.

Imprimir