O CAMINHO DA TRANSFORMAÇÃO

A beleza da vida não está apenas em "grandes feitos noticiados".

Todo o dia acontece a fotossíntese, as células se modificam, e o Universo mantém a vida evoluindo, transformando-se, silenciosamente.

Não há manchetes nos jornais, nem notícias espetaculares a respeito desse grande feito da Vida.

Amar, sorrir e viver também são assim.
A consciência desperta altera a expressão pessoal, o gosto e a afinidade pelos afazeres. O que era muito importante, deixa de ser.

As cores tornam-se mais vibrantes, e o olhar mais intenso, doce.

As palavras pedem mais harmonia na comunicação, e brota uma vontade enorme de se viver pela paz. Tudo acontece internamente, sem testemunhas.

Há uma sintonia alimentando essa luz, que se acende, com presenças misteriosas.

Algumas vezes, sentimos a necessidade de que alguém de fora diga o que vê.

Mas, as outras pessoas nada podem dizer. Podem sentir o novo, sem identificá-lo racionalmente.

Leva um tempo para que a natureza conclua seu trabalho, e a consciência possa atuar no campo físico, com maior força e liberdade.

Num momento profundo e sublime desses, o coração pede para irradiar totalmente.

Nenhuma assistência ao outro é suficiente, a dor de alguém também se torna nossa.

A lucidez pede passagem e o racional precisa encontrar meios de deixá-la trabalhar.

É o momento da ação.

Pensamento, sentimento e ação finalmente se integram. Interagem com a atmosfera psíquica planetária* de modo eficiente e lúcido.

O indivíduo não se sente capaz, sua auto-estima precisa evoluir também.

Anonimamente, através das idéias e pela compaixão nas atitudes desse indivíduo que se abriu, o Universo brilha realizando a evolução.

Ninguém vê, ninguém fala sobre esse trabalho, mas O AMOR QUE GERA A VIDA sabe: é mais um filho voltando para casa!

E o Universo reluz com essa estrela que acordou para o amanhecer de todos.


P.S.: Voltar para casa é uma questão de atuar aqui e agora, através de uma beleza inexplicável. Essa sintonia está em cada ser e em suas expressões. Mas é preciso também se amar, sem medo de ser feliz. A vontade abre o caminho, o amor é quem nos leva a seguir os passos luminosos das grandes almas que já passaram por aqui. Notáveis como Buda, Jesus, Krishna, ou as Anônimas.

Todos somos grandes almas, a diferença é conseguir compreender isso!


Paz e Luz; Amor e Alegria.


- Monica Allan -
São Paulo, 10 de abril de 2003.

- Nota de Wagner Borges: Monica Allan é participante do grupo de estudos e assistência espiritual do IPPB. É a coordenadora da Oficina do Riso. Para maiores detalhes sobre o seu trabalho, ver a sua coluna na revista on line de nosso site: www.ippb.org.br


- Nota do texto:
* Atmosfera psíquica planetária significa o que todos nós, no planeta, pensamos sentimos, agimos e vibramos energeticamente. É o somatório de tudo aquilo que a humanidade gera no nível psíquico coletivo de manifestação. É o que a Conscienciologia chama de “holopensene planetário”: “holo”, do grego: “todos” - Pensene: "pen" de pensamento (corpo mental), "sen" de sentimento (corpo astral ou emocional), e "e" de energia (corpo físico, mas também, as ações nessa dimensão).

Imprimir