CONVERSANDO SOBRE A ENERGIA E A RESPONSABILIDADE ESPIRITUAL

Seria o coração do iniciado tocado subitamente pelo som alegre da flauta do divino, assim como a luz que rompe a escuridão pela janela recém-aberta de um quarto escuro, se ele deslizasse nas ondas cósmicas da alegria e da compaixão?

Seria ele tocado pela serenidade, se estivesse aberto a compartilhar dos sons da natureza?

Seria ele inundado de vitalidade, se deslizasse harmonicamente absorvendo o CHI * abundante do Universo?
Jamais se contente com o subproduto do verdadeiro CHI, a essência da vida!

Para se conhecer os profundos mistérios da natureza é necessário perceber-se como parte dela. Para conhecer os mais profundos mistérios da alma, é necessário vivenciar a alma.

Todos esses caminhos fazem parte do TAO, que não é o caminho, é apenas o TAO. **

O TAO é o inicio e o fim da jornada.

Perceba primeiro o TAO em TUDO, para que depois você possa perceber TUDO através do TAO. E então você terá percorrido o mais alegre dos caminhos, o que não leva a lugar algum! Pois este é o caminho da transformação e do despertar, que apenas o torna algo que você sempre foi! Assim como dentro da semente já existe o carvalho em potencial.

Brilhe com o CHI da alegria, resgate sua parte na natureza e deixe germinar a semente divina que mora no mais profundo do seu ser, regando-a com amor e discernimento, compaixão e fraternidade, paz e luz.

Não desanime! Tenha coragem! Ande, cresça, viva, ame, ria, e trabalhe, trabalhe, trabalhe! O plano físico não é um clube de férias, mas pode ser um ótimo ambiente de estudo e trabalho. Por isso, mantenha sua sala organizada, em ordem e sempre LIMPA!

***

Sempre dentro dos ditames da ética espiritual, trace seus caminhos deixando de lado o ego e as vicissitudes.

Muitas vezes, ao lidar sob os ditames espirituais no plano físico, torna-se árdua a tarefa e poucos são aqueles que conseguem trilhá-la corretamente.
Muita disciplina, fé (certeza íntima), abnegação, força de vontade e alegria em servir se fazem necessárias para o verdadeiro serviço.

Amparadores de muitas correntes estão sempre prontos a ajudar àqueles dignos do trabalho e da fraternidade, mas quem está à frente da trilha, aquele que percorre seu próprio caminho, é o principal responsável por ele, mantendo
sua liberdade de escolhas e assumindo seus acertos e falhas.

Muitos são aqueles que tropeçam no primeiro empecilho, muitos são aqueles que se cansam no meio do caminho, muitos são aqueles que tomam direções erradas mudando o curso programado de sua própria vida e de outros ao seu redor, mas dentro do íntimo de cada ser, mora o sentimento que pode guiar cada passo nas trilhas do discernimento e do amor em direção ao bem-estar de todos os seres, rumando assim para os mais altos planos espirituais.

Pela lei de afinidades, cada um compartilha das amizades e influências de acordo com seus desejos e sentimentos, ficando assim mais próximos da luz do esclarecimento ou da tristeza da ignorância, dependendo da qualidade e da
direção desses sentimentos e pensamentos.

Mas existe também uma outra lei, a lei do Carma, que coloca a nossa frente companheiros, adversários, missões e setas luminosas. "Cada um colhe o que planta, para aprender o gosto e a qualidade de cada fruto", para que depois possa descobrir se deve ou não plantar aquele tipo de árvore de acordo com o bem estar de TODOS.

Todos querem ser mestres, pois não encontraram a felicidade em serem "servos divinos", de manifestar a vontade, o amor e a harmonia divina através do trabalho, muitos querem ser os "feitores", poucos querem ser as "ferramentas".

Uma das maiores oportunidades de um ser é tornar-se instrumento divino, deixando com que O SUPREMO haja através dele, rompendo assim com as necessidades de qualquer personalismo e tentações da vaidade.

Não tema jamais trilhar os caminhos luminosos, pois seres abnegados estão sempre próximos àqueles que olham para o alto e tentam descobrir o Senhor da vida em cada pássaro, em cada raio do sol e em cada ser a sua volta.

Verdadeiros trabalhadores são aqueles que encontram a grande felicidade no seu trabalho, cujos frutos são resultado de sua generosidade,
espontaneidade, satisfação e conseqüentemente frutos de muito carinho e alegria divina, levando à irresistível vontade e prazer de compartilhar com
todos aqueles que quiserem colher destes frutos luminosos.

"Conhece-se uma árvore pelos frutos que ela entrega à Terra".


- Os Amigos de Caminhada - ***


(Recebido espiritualmente por Vanderlei Oliveira - ).
 
- Notas de Wagner Borges:
* CHI (do chinês): Força vital, Energia.
** O TAO (do chinês): "O Caminho"; "a essência de tudo"; "O Todo". Na verdade, o TAO não pode ser descrito ou explicado por palavras humanas. Por
isso, deixo a cargo do sábio Lao-Tzé uma explicação mais apropriada:
"Há algo natural e perfeito, existente antes de Céu e Terra.
Imóvel e insondável, permanece só e sem modificação.
Está em toda parte e nunca se esgota.
Pode-se considerá-lo a Mãe de tudo.
Não conhecendo seu nome, chamo-o TAO.
Obrigado a dar-lhe um nome, o chamaria Transcendente."
- Lao Tzé - in "Tao Te King" -
*** "Os Amigos de Caminhada" são um grupo de amparadores extrafísicos.

Imprimir