PRÁTICA DO SILÊNCIO

“Há milhares de anos, em países como a China e a Índia, por exemplo, a prática da meditação tem sido parte da cultural desses povos. Homens e mulheres que tinham como objetivo atingir a União Real com o Todo se isolavam nas cavernas das montanhas geladas, ou, então, embrenhavam-se nas matas quietas do interior de seus países. A população ora os via com respeito, ora os via com desdém. Os tempos eram outros. A prática do silêncio era ensinada apenas para um pequeno grupo de iniciados, que passavam por provações terríveis, de todos os tipos e tamanhos.

Nos tempos atuais, basta pegar um livro na prateleira de uma biblioteca ou livraria, para ter informação sobre exercícios de concentração ou meditação. Informações que foram testadas e aprovadas por gerações e gerações de ascetas, religiosos e praticantes de Ioga, Taoísmo, Budismo e outras Filosofias enviadas pelo Alto Astral.

Mas aqui está a questão que queremos, caros irmãos, que reflitam: até que ponto a Prática do Silêncio está sendo colocada por vocês em prática? Não basta ficar quieto e colocar a respiração em ordem. Vocês confundem os meios com os fins, e vice-versa! Os Grandes Mestres viviam em estados avançados de Silêncio Interior. Sabiam se conectar com o Alto Astral sem fugir da população, que os enchiam de perguntas, dúvidas, reclamações, etc. Não negavam, a palavra divina àqueles que mereciam. Contudo, também precisavam refugiar-se na solidão da Natureza, longe do contato humano, por algum tempo, a fim de recarregar as baterias espirituais.

Vários Grandes Mestres falaram do Silêncio Pleno em suas imortais e universais lições de Amor: "Amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo", "O Caminho do Meio..."; "O pastorear das vaquinhas...". Eles também estavam referindo-se ao Silêncio Maior que não deixa nada abalar as estruturas da alma.

Vocês podem pensar a respeito: qual é o melhor silêncio? Aquele que fica sozinho e controla sua respiração, faz exercícios maravilhosos com o corpo, ou aquele que, em situações que exigem a prática do perdão, sabe colocar o Amor Silencioso do Criador em suas palavras?..

Uma enorme onda de Silêncio Divino no coração de todos!

De um amigo que gosta muito de vocês.”

P.S.: Oi, pessoal.

Acabei de receber esta mensagem. Desconfio quem seja o amparador extrafísico que me inspirou, mas se eu falar vão achar que estou viajando na maionese... Mas a mensagem vale bem mais do que saber quem é ou deixa de ser.

Garanto que não é animismo meu!

Um grande abraço.


- Washington da Silva -

 

Imprimir