Há Algo Mais... Um Amor, Uma Luz

ha algo mais um amor uma luz texto destaque setembro 2021
 

 
HÁ ALGO MAIS... UM AMOR, UMA LUZ*.
Na senda do Oran Mor com lindas canções.
 
Meu irmão...
Que tu sejas feliz no teu novo caminho.
Que dentro de ti brilhe a linda Luz.
Que a Presença te revele o teu potencial espiritual.
Que tu te relembres da tua verdadeira origem.
Que lindas canções te despertem para o som do Oran Mor**.
Que os devas*** da música sussurrem novas harmonias em teu Ser.
Que tu fiques admirado com a visão das estrelas...
Que as preces dos teus irmãos aplainem tua jornada.
Que os teus amigos espirituais te mostrem tua verdadeira força.
Que pétalas de Luz desçam sobre ti e regenerem todo teu Ser.
Que tu saibas que a Presença te ampara de formas admiráveis.
Que tu voltes a rir com as brincadeiras dos devas por entre as estrelas.
Que tu reencontres os teus entes queridos e os abrace alegremente.
Que tu aprendas a dançar e cantar com os espíritos das brumas.
Que tu acendas a fogueira do discernimento e incinere nela as dores do passado.
Que tu escales as montanhas dentro de ti mesmo e chegue até os sábios espirituais.
Que tu continues te emocionando com lindas canções.
Que o Amor da Presença dissolva tuas emoções tensas.
Que tu resgates o teu melhor e reencontres a ti mesmo, em teu coração.
Que tu abraces uma grande árvore e permitas que ela te ensine algo.
Que tu te banhes nas fontes curativas do Templo Extrafísico das Águas.
Que a tua viagem na Luz, pelos espaços ignotos, seja auspiciosa.
Que o brilho da aurora esteja em teus olhos.
Que lindas canções viajem contigo.
Que a Presença**** te abençoe.
 
P.S.:
Voa, meu irmão...
Vai ao encontro de teu céu.
Com os devas ao teu lado...
Na senda do Oran Mor.
Sim, voa, como nunca...
Com lindas canções voando contigo.
Ah, voa, com a Presença.
Porque você sabe que há algo mais...
Um Amor e uma Luz.
Pois a vida segue, como deve ser.
 
(Dedicado ao meu amigo Marquinhos, que voou por uma trilha de Luz e voltou há alguns dias para a Casa das Estrelas.)
 
Paz e Luz!
 
- Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
São Paulo, 14 de setembro de 2021.
 
- Notas:
* Esses escritos serão inseridos no segundo volume do livro “Há Algo Mais... Um Amor, Uma Luz”, que estou revisando para publicação em breve. 
Obs.: O primeiro volume do livro está disponibilizado para download gratuito neste link: 
http://www.ippb.org.br/blog/livro-ha-algo-mais-um-amor-uma-luz
** Oran Mor - traduzido como "A Grande Melodia", é o que existe de mais próximo sobre o mito celta da Criação. Diz-se que o Oran Mor começou no silêncio, quando nada existia ainda. Depois a canção começou. A vida foi tocada na existência, e a melodia continuou desde então, para aqueles que a ouvem...
*** Devas – do sânscrito – seres de luz; divindades.
**** A Presença – metáfora celta para o Todo que está em tudo. 
Quando os antigos iniciados celtas admiravam os momentos mágicos do alvorecer e do crepúsculo, costumavam dizer: “Isso é um assombro!” E assim era para todas as coisas consideradas como manifestações grandiosas da Natureza e do ser humano.
Ver o brilho dos olhos da pessoa amada, a beleza plácida da lua, a alegria do sorriso do filho ou o desabrochar de uma flor eram eventos maravilhosos. Então, eles ousavam escutar os espíritos das brumas, que lhes ensinaram a valorizar o Dom da vida e a perceber a pulsação de uma Presença em tudo.
A partir daí eles passaram a referir-se ao Todo que está em tudo como a Presença que anima a Natureza e os seres. Se a luz da vida era um assombro de grandiosidade, maior ainda era a maravilha da Presença que gerava essa grandiosidade.
Perceber essa Presença em tudo era um assombro!
Saber que o sol, a lua, o ser amado, os filhos, as flores e a Natureza eram expressões maravilhosas dessa totalidade, levava os iniciados daquele contexto antigo da Europa a dizerem: “Que assombro!”
Hoje, inspirado pelos amigos invisíveis celtas, deixo registrado aqui nesses escritos o “terno assombro” que sinto ao meditar na Presença que está em tudo.
Obs.: Enquanto eu editava estas linhas, rolava aqui no meu som uma coletânea de músicas celtas. Então, deixo, na sequência, os links do YouTube para algumas delas...

Imprimir Email